(12) 99734-4251

Blog

-

16-04

Viajar é bom para muitas coisas! E além disso, você pode melhorar a sua saúde mental a longo prazo. Não importa se você estiver viajando a negócios, lazer, ou procurando novos horizontes: viajar vai te fazer uma pessoa mais feliz, vai construir a sua auto- confiança, te proporcionar novas experiências, lembranças, quebrar a rotina e te fazer conhecer pessoas de todos os lugares do mundo.

  1. Desenvolva a sua auto-confiança lidando com situações inesperadas

Se você já viajou, você sabe que sempre chega aquele momento em que tudo dá errado, e você precisa lidar com a situação. Superar esses momentos faz com que os desafios que aparecerem no futuro pareçam pequenos e simples. E você vai sentir como se você tivesse controle sobre o seu destino, e de muitas formas, também sobre a sua felicidade.

  1. Ficar longe faz você valorizar mais a família

Quando nós estamos longe das pessoas que nós amamos – família, amigos próximos, casa – fica mais fácil apreciar elas ainda mais. Ligar para casa não é uma tarefa, mas algo que esperamos ansiosamente e sentimos como se fosse uma necessidade. Nossos pais e amigos gostam de ouvir as nossas histórias, e de certa forma, é como se a cada dia o nosso lar parecesse mais aconchegante. Não é por nada que a palavra saudade só existe na língua portuguesa, a gente entende esse sentimento melhor do que todo o resto do mundo.

  1. Desintoxicação de tecnologias

Dispositivos como o celular, computador e tablet podem ser usados para o bem e para o mal, mas é saudável para todo mundo tirar uma folga deles de vez em quando. A internet sem fio e o 3G funcionam tão bem hoje em dia, que acaba sendo difícil escapar das telas, e aproveitar qualquer lugar que você esteja. Desligue o seu celular. Melhor ainda, encontre um lugar sem sinal, para que você nem tenha que escolher. Você vai perceber como é fácil se desconectar e apreciar o “aqui e agora”.

  1. Ter tempo só para você

Viajar nos dá o espaço para respirar que nós normalmente perdemos no dia-a-dia. Ter momentos para paz e tranquilidade para simplesmente existir, nos faz desapegar do estresse e tensão, e só aproveitar o momento. Esse é o foco chave da meditação que você pode levar com você para o resto da sua vida.

  1. Ter um boost de vitamina D

20 minutos de sol é tempo suficiente para sentir os efeitos da vitamina D, e da mesma forma que temporadas frias e chuvosas nos fazem sentir meio tristes, a luz do sol e o calor normalmente fazem com que o nosso humor melhore. Fugir para a praia por um final de semana pode ser uma ótima forma de apreciar os benefícios de um clima quente.

Baseado em “11 Reasons Why Travel Makes You a Happier Person”, publicado em goinswriter.com. Texto traduzido e adaptado por Ananda Brandão.

-

04-04

Volta e meia vemos pessoas com a seguinte dúvida: assumir compromissos fixos / adquirir bens materiais ou ir viajar? E por mais que muita gente nos aconselhe a viajar, sempre ficam aquelas perguntas. Ficamos preocupados com o dinheiro, dívidas, emprego, namorado, carro, roupas, eletrônicos.

A vida que você sempre quis

Quando vamos ficando mais velhos, acaba parecendo que a vida simplesmente “acontece”. E a sua juventude é o período no qual você possui total controle sobre a sua vida. Você pode fazer o que quiser. Você deve a você mesmo estar completamente consciente e presente no presente.

Quando você vai ficando mais velho – e consequentemente maduro – você ganha novas responsabilidades. Você precisa ser bem cuidadoso para ter certeza de que não está se esquecendo das coisas que são de fato importantes. Então, enquanto você ainda tem esse controle, você precisa fazer o que é importante para você. Porque muito provavelmente, a sua vida não vai ser sempre só sobre você.

Então, meu jovem, viaje. Viaje para longe. Viaje audaciosamente. Viaje e pratique o abandono.

Você com certeza vai se arrepender de não ter assumido riscos no futuro. Por isso, aqui estão três razões para você viajar enquanto é jovem.

  1. Viajar te ensina a viver aventuras

Quando você olhar para o passado, você vai ter momentos que te deixarão orgulhoso – e talvez alguns que você se arrependa.

Andei de triciclo em um deserto na África –

Aprendi Italiano em apenas alguns meses –

Viajei pela Europa de trem –

Dirigi pela Highway 1 de São Francisco à Los Angeles

Você tem que tirar um tempo para ver o mundo e saborear a complexidade da vida. Isso vale qualquer investimento, dinheiro ou sacrifício que possa vir a custar. E não significa ser um mero turista. É sobre vivenciar riscos reais e aventuras para que você não tenha que viver com medo de riscos o resto da sua vida. É sobre se lembrar e compartilhar as suas experiências, e inspirar outros a também cair fora desse medo.

  1. Viajar te ajuda a desenvolver compaixão

Durante a sua juventude, você vai tomar decisões que vão te definir. Viajar vai te transformar tanto quanto qualquer uma delas. E vai te colocar em situações que vão te forçar a se preocupar com questões que são maiores do que você.

Você vai começar a entender que o mundo é um lugar igualmente grande e pequeno. Você vai ter uma nova compreensão sobre a dor e sofrimento que muitas pessoas vivenciam todos os dias. Você vai se sentir conectado com os seres humanos de todos os lugares, de uma forma mais profunda e duradoura. E você vai aprender a se importar, e talvez você até encontre uma forma de ajudar essas pessoas.

  1. Viajar te permite adquirir cultura

Não existem muitas formas de adquirir cultura sem esforço. Viajar pode não ser exatamente de graça ou fácil, mas com certeza vai agregar muita, mas muita cultura na

sua vida. A parte mais interessante é que isso ocorre sem que você perceba, e você vai incorporando todas essas informações quase enquanto respira.

Pode parecer que a única forma de fazer isso é viajando para o lado oposto do mundo, mas na verdade, você pode fazer tudo bem pertinho de casa. Essa empatia pelo mundo e pelas outras pessoas pode ser desenvolvida começando a olhar para fora, na sua própria cidade. E aventuras podem acontecer em todos os lugares, em curtos finais de semana, até mesmo aqui em Ubatuba. A delícia de estar no presente é um mar sem fim, e cabe a você desenvolver essa percepção e abraçar tudo o que a vida te trouxer.

Baseado em “3 Reasons to Travel While Young”, publicado em goinswriter.com. Texto traduzido e adaptado por Ananda Brandão.

-

21-03

Ubatuba foi o destino mais procurado do Brasil inteiro durante essa última temporada. Para nós, que somos daqui, não restam dúvidas do porquê essa é de fato a melhor cidade para passar todas as férias, ou mesmo um final de semana curto. Siga as nossas dicas para aproveitar o seu tempo aqui como um local, e ter experiências únicas!

1) Acorde cedo

Nós sabemos que durante os períodos de descanso, dá muita vontade de ficar enrolando na cama até tarde. E aí o que acontece quando você finalmente consegue sair do hotel? Encontra muito trânsito, muitas pessoas, e um calor desagradável.

Se você conseguir resistir ao sono, dá para tomar um café da manhã delicioso no hotel e pular o trânsito – que começa a ficar mais pesado à partir das 11h. Além disso, o sol do período da manhã é mais saudável, e vai queimar menos a sua pele.

Quando você voltar para o hotel no meio da tarde, ainda vai dar tempo de tirar um cochilo para descansar, e sair para curtir o final do dia no centro da cidade ou ver o pôr- do-sol.

2) Procure praias desertas – aqui não faltam opções

Todo mundo sabe que aqui em Ubatuba não falta opções de praias, não é? Elas tem todas as cores de areia, árvores, ondas e cenários. São mais de 100 praias na extensão da cidade. A única coisa que falta é escolher qual delas vai ser a sua preferida!

Consulte o setor de turismo do seu hotel, explique o tipo de praia que você gosta, e peça indicações de como chegar lá. Existem muitas opções de agências de turismo que oferecem guias turísticos, mas muitas delas você consegue chegar sozinho, com trilhas curtas e fáceis.

Essas praias são mais vazias, tranquilas, e limpas. E você vai se sentir como se estivesse em uma praia particular! Só não se esqueça de cuidar bem da natureza, e de levar lanchinhos e bastante água!

3) Compre peixe cedinho no mercado da Ilha dos Pescadores

Muitas pessoas optam por hospedagens com cozinha e utensílios – como a gente aqui no Residencial. E com uma cozinha à disposição, dá para economizar e cozinhar muitas coisas gostosas com gostinho de casa.

Se você já vai acordar cedo para ir para a praia, o que você acha de pular da cama um pouquinho antes e ir comprar um peixe fresquinho no mercado? O horário ideal para passar lá é entre 6h e 8h da manhã. A Ilha dos Pescadores fica no centro da cidade, pertinho do Farol e da ponte que vai para o Perequê-Açú. E se você perguntar, todo mundo vai te indicar o caminho.

Você pode comprar o peixe cedinho, deixar ele temperado para ir incorporando o sabor durante a praia, e cozinhar um almoço delicioso quando voltar! E não se esqueça de ser que nem nós, caiçaras, e colocar bananas no molho – verdes ou maduras – e de preparar uma farofa de banana!2121

-

07-03

Ao invés de irmos visitar os pais e famílias durante as festas, muita gente entre 20 e 30 anos viajou para outros lugares. Nós estamos trocando produtos com descontos pós- natal por passagens de avião baratas para qualquer lugar do mundo.

Em 2015, os “millennials” (apelido carinhoso da geração do novo milênio) viajaram 3 vezes mais, mais do que qualquer outro grupo etário, de acordo com o MMGY Global 2015 Tavelers. Esse grupo foi responsável por 20% de todo o turismo internacional, totalizando em aproximadamente 200 milhões de viajantes. E as previsões apresentam que até 2020, serão 320 milhões de viagens internacionais. Muita gente e muitas viagens, não é?

Essa nova geração está à procura de experiências, ao invés de acumular bens. Estamos à procura de memórias. Quase metade dos millennials prefere adquirir experiências ao invés de coisas. Inclusive, muitos de nós sentimos que não há porquê esperar nossos “anos dourados” para conhecer o mundo. E isso pode ser observado em todos os setores do mercado.

Se vamos nos aposentar com 60 anos, por quê esperar até lá e guardar dinheiro, se podemos viajar no próximo final de semana para a praia com os nossos amigos? Muitos preferem experiências imediatas ao invés de economizar trocados para uma aposentadoria que talvez nunca chegue.

Acabou ficando difícil tirar férias longas. Por isso, as pessoas preferem fazer viagens mais curtas, em raios menores das próprias cidades. Essas viagens também podem ser mais simples de serem planejadas de última hora, e com as ferramentas da internet para reservas e pesquisas, tudo fica possível.

Para nós, viajar é mais do que experimentar coisas novas. E a modernidade tornou isso muito mais acessível e fácil. Todo mundo pode encontrar tudo nos próprios celulares, baixas aplicativos que facilitam a estadia, e encontrar destinos próximos e rápidos para dar uma fugidinha da monotonia da vida. Tudo o que você precisa é do desejo de sair da rotina!

Baseado em “Young People Are Planning Holiday Trips More Than Anyone Else – Here’s Why”, publicado em mic.com. Texto traduzido e adaptado por Ananda Brandão.